Mulheres e carreira na área de TI

0

Lorenzza Fior | Abril 06, 2022

A história do trabalho feminino é marcada por diversas transformações. É fato que houve um grande progresso em relação aos direitos e anseios em diversas áreas, a construção de uma carreira é uma realidade para grande parte das mulheres da atualidade. Entretanto, apesar dos avanços, os cargos de gestão, ainda são predominantemente ocupados por homens, principalmente em áreas voltadas à tecnologia e às ciências exatas. 

O cenário atual é fruto de uma construção de diversos comportamentos discriminatórios, internalizados ao longo dos anos. Desta forma, é preciso que a desconstrução do machismo e racismo predominantes no país seja feita de maneira coletiva e com o intuito de criar mecanismos que legitimem a voz de todas as mulheres, incluindo negras, indígenas, quilombolas, ciganas… É preciso preocupar-se em garantir equidade em todos os espaços, principalmente nos educacionais e laborais.

Os estereótipos e preconceitos de gênero persistem, no entanto, há um progresso em curso e as mulheres têm se mostrado positivas em relação a ele.  Ainda que a passos lentos, a questão vem sendo debatida e estudada nos mais diversos ambientes, oferecendo melhores perspectivas e apoio àquelas que se arriscam a adentrar em campos em que os homens ainda são a maioria. Além de projetos realizados dentro das empresas, há também iniciativas ocorrendo com o intuito de incentivar o ingresso feminino na área, como por exemplo: Mulheres na computação, Emílias-armação em bits e Meninas digitais. 

O setor de TI se encontra em grande ascensão, por isso o relacionamento no trabalho e as desigualdades precisam ganhar notoriedade e serem mais discutidos, através de movimentos, campanhas, eventos e produção científica. Neste sentido, ações de empoderamento e inclusão feminina, são fundamentais como recurso para a equiparação das relações de gênero no setor. 

A diversidade contribui com todas as esferas do mercado, uma vez que, se dominada por apenas um gênero, a organização corre o risco de apresentar sempre os mesmos resultados, devido à falta de novas ideias e opiniões. O fato de a área de TI estar em constante mudança, torna essencial a presença de mulheres no setor, para o alcance do sucesso no enfrentamento deste dinamismo.

Sociedades e organizações, onde a cultura de gênero tende a ser mais igualitária, costumam apresentar resultados positivos no desempenho das empresas. Desta forma, pode-se concluir que este não é um tema finito e deve ser discutido continuamente em todos os espaços da sociedade, não deixando abertura para retrocessos!


Breve descrição da autora:

Laura é Especialista de Recrutamento e Seleção na Daitan. Está na empresa desde abril de 2019, atuando em todas as etapas do processo seletivo. Possui MBA em Gestão de Pessoas e sua monografia foi focada na trajetória de mulheres que ocupam posições de gestão na área de TI. Nas horas vagas aproveita para dedicar seu tempo a sua família e amigos.


Referências:


Iniciativas citadas no texto: 

One Step Closer

Fill Out Later